Estou Gestante: Posso Treinar?

gravidez-2Que fazer exercícios durante a gravidez é bom, todos já sabem, afinal, aquela premissa de que a futura mamãe deve parar todas as atividades e esperar sedentariamente a chegada do tão querido bebê, já era. O que não é largamente esclarecido, é por que exatamente deve-se realizar uma prática de atividade física durante a gestação.

Bom, então vamos lá!!!

O que muda no corpo? – o corpo libera em altas doses um hormônio chamado relaxina, para aumentar a flexibilidade da mamãe e facilitar o parto; acontece que todos os ligamentos das articulações também sofrem essas alterações, sobrecarregando coluna, joelhos e tornozelos. Conforme o bebê vai crescendo, começa a comprimir alguns órgãos internos, dificultando respiração, circulação e digestão, levando à dificuldade do retorno venoso, atrapalhando a circulação linfática e favorecendo o inchaço, além de aumentar os riscos de pressão arterial aumentada, entre outros.

Como o exercício me ajudará? – a atividade física regular e acompanhada por um Profissonal de Educação Física, aumenta a força muscular, diminuindo dores articulares e facilitando o parto, principalmente se for parto normal; facilita o retorno venoso e linfático, diminuindo o inchaço e a possibilidade de varizes; melhora a digestão e o funcionamento do intestino, que ficam alterados na gravidez; melhora a resistência cardio-respiratória, aumentando a qualidade de vida; aumenta a oxigenação e nutrição da pele, auxiliando na prevenção de estrias e celulites; controla o aumento do peso corporal e facilita a recuperação pós parto.

O que posso fazer? – Antes de mais nada, mesmo se vc já praticava exercícios quando descobriu a gestação, seu médico deverá permitir a continuidade / início da prática, e um acompanhamento durante a gestação é imprescindível. A partir daí, vc pode fazer toda e qualquer atividade, desde que com alguns cuidados a mais.

  • Pilates e alongamento: são essenciais, mas se a gestação já estiver avançada, não deitar de barriga para baixo, nem sobre o lado direito (este lado pode bloquear a oxigenação para a mamãe e o bebê);
  • Musculação: deve-se evitar os treinos de força pura e hipertrofia (nessa fase a mulher preocupará em aumentar a resistência muscular localizada), e procurar não prender a respiração no momento de executar o exercício;
  • Hidroginástica: é muito bom e mais aconselhado, pois favorece o retorno venoso e linfático, otimiza a parte cardio-respiratória, promove resistência muscular e tem pouco impacto articular; 
  • Corrida e cycling indoor: deverão ser feitas somente se a mamãe já praticava antes, e se for com um frequencímetro, pois deve-se ficar atenta aos batimentos cardíacos dagravidez-3 gestante, de forma que não aumente muito e prejudique a criança.
  • Atividades de impacto (jump, step, capoeira, etc): devem ser evitadas ao máximo.

Mas lembre-se: Ouça seu corpo!! Ele nos dá todas as dicas que precisamos!

É isso aí, Mamães!! Tenham uma gestação segura, um bom parto e bons treinos!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s